Os desafios das mulheres bem sucedidas nos relacionamentos amorosos

 

Mulheres bem sucedidas podem enfrentar vários problemas nos relacionamentos
Mulheres bem-sucedidas podem enfrentar vários problemas nos relacionamentos amorosos

Tenho muitas amigas que tem um enorme sucesso em suas vidas profissionais e uma grande dificuldade em seus relacionamentos amorosos, seja para encontrar um novo namorado ou manter o atual. Frequentemente escuto dizer que os homens estão intimidados e com medo de mulheres fortes, inteligentes e bem-sucedidas profissionalmente. Mas isso é verdade? Quando e por quê namorar uma mulher vitoriosa virou um problema? Esses problemas surgem mais pela parte dos homens ou das mulheres? 

No século XX as mulheres passaram por uma grande transformação, e superaram os homens em muitos campos:  maior número de diplomas universitários, melhores notas, e mães solteiras ou sem filhos ganham mais que seus companheiros em zonas urbanas nos Estados Unidos e alguns países da Europa.

blog lobstr independencia de mulher
No século XX as mulheres superaram os homens em muitos campos

Levando em conta o longo período da supremacia masculina, podemos supor que hoje os homens estejam começando a sentir-se “emasculados”, ou seja, castrados pela independência financeira das mulheres. Certas pessoas afirmam que os homens sentem menos atração por mulheres que tenham o mesmo (ou um nível mais elevado) econômico ou educacional, e que mulheres de sucesso precisam ‘emburrecer’ para conseguir um homem.

Pesquisas relacionadas ao universo das relações amorosas mostram que essas conclusões, pela grande parte, são enganosas, e o pensamento das “mulheres poderosas”, como “os homens são intimidados por mulheres bem sucedidas” são mais usadas quando as mulheres não querem fazer uma auto-análise de seus comportamentos e de suas escolhas de homens.

“Mulheres fortes intimidam garotos e excitam homens”
“Mulheres fortes intimidam garotos e excitam homens”

Obviamente os homens são diferentes, e generalizar o gênero todo seria muito errado. Sempre existirá  o nostálgico macho dos idos anos 50. Dito isso, em sua maioria, os homens não se sentem intimidados por uma mulher forte e bem-sucedida. Na verdade, muitos homens acham essas qualidades bastante atraentes e se gabão para a família e amigos quando encontram  namorada com essas qualidades.

O problema é quando as qualidades que fazem essa mulher ter tanto sucesso na vida profissional atravessam o relacionamento. Para uma mulher chegar no topo de sua carreira, talvez ela tenha precisado se tornar muito decisiva, teimosa e agressiva. E quando essas qualidades chegam muito perto do relacionamento, os homens não gostam.

O equilíbrio nos relacionamentos amorosos é importante

blog lobstr encontre alguem para almocar mulher poderosaA maioria dos homens não se importam se as mulheres ganham salários mais altos, porém nas relações pessoais eles querem um equilíbrio saudável, ou seja, ter o mesmo poder de decisão, pois precisam sentir que suas opiniões contam. Se esse equilíbrio não existe, eles não se sentem mais como os “homens” da relação. Eles precisam sentir que estão sendo escutados e compreendidos. Às vezes basta simplesmente deixar que eles se expressem e isso já os fazem sentir-se importantes nas tomadas de decisões.

Sobre as realizações pessoais nos encontros românticos

blog lobstr encontre alguem para almocar conquistas profesionaisFrequentemente as mulheres contam com suas conquistas pessoais quando encontram um novo parceiro, e pensam que essas conquistas por si só irão atrair os homens. O problema é que essa abordagem algumas vezes pode não funcionar. Muitos homens não se importam se a mulher tem três diplomas, ou se ela trabalha no melhor escritório de advocacia da cidade – é um ótimo bônus, é claro, motivo de grande orgulho, mas não é isso que leva um homem a sentir atração pela mulher. Muitas mulheres ficam perplexas com essa realidade: “Por quê ele está com aquela garota e não comigo, quando eu sou muito mais inteligente e bem-sucedida?”. Talvez a razão pelos homens escolherem “as outras” seja simplesmente pelo jeito leve e agradável dessas mulheres, pela capacidade delas em criarem uma segurança emocional à relação.

blog lobstr encontre alguem para almocar mulher independente poderosaExistem muitos homens que preferem encontrar mulheres que tenham algo mais que o estudo secundário, que tenham sonhos e ambições próprias. Essas qualidades importam para homens inteligentes, porque eles sabem que no fundo serão essas características que irão conectá-los mais profundamente com essas mulheres. Os homens não se interessam em saber qual faculdade a mulher se formou, ou qual sejam suas ambições profissionais, desde que elas as tenham. O objetivo na vida de uma mulher não precisa ser chegar à presidência da empresa em que trabalha, qualquer ambição pode ser legítima. Querer simplesmente cuidar de uma família, por quê não?

Blog Lobstr encontre alguem para almocar mulher poderosa indepenenteOs homens dizem que se uma mulher possui esses requisitos mínimos, tudo o resto depois é uma questão de atração. Eles dizem que não querem uma mulher porque ela é “inteligente e bem-sucedida”. Se eles não sentem atração, essas características tornam-se irrelevantes. Às vezes as mulheres se esquecem que os homens são acima de tudo animais visuais. Precisa existir antes de tudo atração física. Depois se a carreira, as realizações, as ambições estejam presentes irão com certeza aumentar a atração. Mas no final do dia, o que conta é o que eles sentem quando estão com a pessoa, e não o quanto ela ganha por mês.

As mulheres precisam realmente dos homens?

Existe um número crescente de mulheres que declaram não precisar de homens; elas podem quere-los em suas vidas, mas no final do dia, quando chegam em casa, não precisam deles. Esse sentimento, ou mentalidade cria uma espécie de ressentimento nos homens, especialmente em relação aquelas mulheres que assumem “não precisar de homens”. Uma coisa é não precisar de um homem, outra é agir como se não precisasse.

Homens querem se sentir úteis
Homens querem se sentir úteis

Não depender de homens é sem dúvida uma coisa muito positiva. E todas as mulheres precisariam agir dessa forma. O problema não é esse, mas sim quando as mulheres fazem os homens sentirem-se inúteis em um relacionamento. No final das contas os homens ainda se sentem provedores, seja financeiramente, ou emocionalmente. Eles querem se sentir útil e desejáveis.

Quando os homens sentem que as mulheres não precisam deles, os ressentimentos começam a aparecer e a relação começa a se deteriorar, as brigas tornam-se comuns e a vida sexual começa a desaparecer.

A medida em que a autonomia da mulher moderna cresce, as suas opções e escolhas também crescem. As mulheres começaram a se casar mais tarde, pois as pressões sociais diminuíram, e dessa forma as mulheres partiram para à procura do “homem perfeito”.

Mulher autônoma tem mais opções e escolhas
Mulher autônoma tem mais opções e escolhas

Elas passam a procurar pelo homem perfeito da mesma forma em que passaram suas vidas buscando pela formação e trabalho perfeito. O problema é que romance não é troféu. Muitos garotos normais acabam ficando sem oportunidades porque as mulheres tem tantas opções, especialmente com o surgimento de tantos aplicativos online. Isso cria uma cultura entre as mulheres que se interessam somente pelos top 10% da população masculina. E porque mulheres “não precisam” de homens elas podem se dar ao luxo de procurar incessantemente por um homem que não existe.

Match perfeito pode ser uma grande armadilha
Match perfeito pode ser uma grande armadilha

Tanto os homens quanto as mulheres caíram na armadilha do “match perfeito”. É uma fantasia infantil que parece ter virado a regra. As mulheres não podem procurar infinitamente, pois tem o relógio biológico que bate (para aquelas que desejam ter filhos), os homens já sentem menos esse problema (ah que injustiça!). A natureza coloca as relações em perspectiva quando as mulheres entram na casa dos trinta anos, elas começam a pensar o que é importante em um homem.  

Hipergamia

A hipergamia do passado está mudando
A hipergamia do passado está mudando

É interessante analisar a questão da hipergamia (ato ou prática de buscar um parceiro ou cônjuge de maior condição socioeconômica, ou casta e classe social do que a sua própria). Essa prática historicamente sempre foi praticada por mulheres, mas os tempos estão mudando. Se as mulheres começarem a assumir socialmente o papel de provedoras, o que segundo alguns especialistas logo será o caso, elas terão que aceitar casar com homens socialmente inferiores.

Muitas mulheres lamentam não conseguir encontrar homens da mesma ou de uma condição superior, e a verdade talvez seja que a fonte esteja secando.

blog Lobstr encontre alguem para almocar casar com alguemVocê acredita que uma mulher forte, inteligente e determinada esteja pronta para se casar com um homem “de nível inferior”, e que os homens estejam prontos para se casar com mulheres de “nível superior”?

Para grande parte da sociedade parece que as mulheres não se importam em casar com homens que ganham salários inferiores. O que as interessa realmente é o grau de ambição de seus parceiros.

Homens com falta de ambição tem a tendência a replicarem o comportamento no relacionamento e na vida sexual.  

Sim, ainda existem mulheres que se apegam aos papéis do passado. E depois existem as mulheres com altas exigências como posição, salário, educação, etc. Devemos notar que mulheres com uma lista imensa de exigências acabam sozinhas, ou então casadas e infelizes.

A maioria das mulheres tem problema em casar-se com homens de “posição inferior” quando a questão diz respeito à motivação e educação. Se essas qualidades faltam, então sim, será um problema e as opções são mais limitadas para as mulheres bem-sucedidas. A questão financeira não é a razão. 

blog Lobstr encontre alguem para almocar mulher independente dominanteA questão primordial para os homens é que as mulheres não tragam para a relação as tendências dominadoras que elas possuem em suas carreiras e que não os façam sentir substituíveis. Se todas essas questões estão sob controle, os homens se sentem felizes e realizados em ter uma mulher inteligente e bem sucedida ao seu lado, pois sem dúvida alguma essas mulheres irão somar e aumentar a qualidade da vida deles.

Ser sempre muito ocupada

Muitas profissionais reclamam que não tem tempo para encontrar uma nova pessoa, pois estão sempre muito focadas e ocupadas com suas carreiras. Esse é um problema superficial, pois a solução requer somente uma melhor organização.

Ter tempo para encontrar uma nova pessoa é uma questão de organização
Ter tempo para encontrar uma nova pessoa é uma questão de organização

Por exemplo, o horário do almoço pode ser uma ótima oportunidade para as mulheres ocupadas encontrarem novas pessoas. Ao invés de almoçar sozinha ou sempre com os mesmos colegas, marque um rápido e casual almoço com uma nova pessoa. Pode ser um jeito fácil e eficiente para abrir o leque de potenciais candidatos até que o príncipe encantado não chegue!

E se você gosta da idéia de encontrar alguém para um almoço em um restaurante, talvez você goste do novo aplicativo de relacionamentos Lobstr – encontre alguém para almoçar (www.getLobstr.com), disponível na Apple App Store e Google Play Store (Brasil). 

Uma vez que você mulher bem-sucedida encontrou sua cara metade, você precisa equilibrar seu tempo entre o trabalho e o amado, porque no final das contas os homens também são seres humanos e precisam de atenção. Uma sugestão da escritora que vos fala, caros leitores, é que não importa o quão ocupada você esteja, de um simples telefonema ou envie uma mensagem romântica para o seu amor. Pequenos gestos vão longe. Preparar um jantarzinho surpresa também ganha muitos pontos. O segredo é equilibrar a comunicação e a atenção.   

2 thoughts on “Os desafios das mulheres bem sucedidas nos relacionamentos amorosos”

  1. Para mim, boa parte do que foi dito aí se aplica aos homens: que mulher quer sentir-se inútil num relacionanento? Mas e se os homens o fizerem, tudo bem? A questão é bem mais profunda que isso, tem a ver com mudança de paradigma social. E Gabão é um país, certo?

    1. Oi Pamela, claro que sim! Mas o texto é já muito longo, não conseguirmos falar sobre tudo, isso é uma problemática muito profunda mesmo, vamos falar sobre o outro lado em um proximo post! Obrigada pelo comentário.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *